segunda-feira, novembro 03, 2014

Capacetes Bell



Na Califórnia, em plena cena Hot Rod, Roy Richter criou toda uma indústria que antecipava as necessidades futuras de segurança de todos os amantes da velocidade.

Ele próprio um fanático da velocidade, entre 1937 e 1941 os seus carros, essencialmente Ford T's, ganharam diversos campeonatos, centenas de corridas e  incontáveis recordes de velocidade. As pessoas queriam velocidade e ele proporcionava-lhes todas as peças e acessórios que os viciados em adrenalina necessitavam. Entretanto vendeu o seu próprio carro e com esse dinheiro e mais algumas poupanças comprou a empresa onde trabalhava, a Bell Auto Parts, isto em 2 de Julho de 1945.

Mas só depois de ter perdido dois grandes amigos por causa da velocidade, é que Roy se empenhou em desenhar equipamento de proteção. E lançou-se na tecnologia de ponta dos capacetes em 1957, quando lançou o seu primeiro capacete com revestimento de esferovite: o clássico 500-TX, o primeiro capacete do mundo a receber certificação SNELL, e que foi posteriormente selecionado para exposição no MoMA - Museu de Arte Moderna de Nova Yorque, pela excelência do seu design.  
Entretanto, os consumidores americanos reconheceram a necessidade de segurança e o negócio de Roy Ritcher prosperou de tal forma que, em 1964, teve que triplicar a sua capacidade produtiva.



Em 1968, surge o primeiro capacete integral da marca, o Star, que foi imediatamente reconhecido em todo o mundo pelas suas qualidades. Mas só em 1971, é que a Bell criou o seu primeiro capacete integral específico para motociclismo, e o aumento substancial do número de motociclistas obrigou Roy a expandir novamente a sua capacidade produtiva. Desde o início que a Bell apostou na Triumph como um importante elo da sua cadeia de distribuição no meio motociclístico .




Diversas gerações de campeões foram fiéis à marca e contribuiram com a sua popularidade para divulgar os produtos da casa americana, como foi o caso de Jacky Ickx, Jackie Stewart, Niki Lauda, Gilles Villeneuve, Nelson Piquet, Alain Prost e Ayrton Senna, isto para mencionar apenas alguns dos nomes mais sonantes que figuram no "Hall of fame" da marca. Actualmente, William Dunlop e Jeremy Martin são alguns dos embaixadores da marca no mundo das duas rodas.



Sem comentários: